“Dirty Dancing: Ritmo Quente” chega aos 30 anos

Há 30 anos atrás ninguém queria filmar a história de um professor de dança que se apaixona pela jovem aluna… talvez, ninguém jamais imaginaria que essa história se torna-se um dos grandes clássicos do cinema e fosse lembrado 30 anos depois do seu lançamento.

Dirty Dancing: Ritmo Quente” teve um orçamento apertado de US$ 6 milhões em um estúdio pequeno e com uma arrecadação nas bilheterias que surpreendeu… mais de US$ 200 milhões pelo mundo.

No Brasil, o filme chegava aos cinemas no dia 25 de setembro de 1987… e, passados 30 anos, ainda continua um sucesso! Sucesso nas telas e nas pistas de dança.

Resultado de imagem para dirty dancing

O filme foi um projeto pessoal da roteirista Eleanor Bergstein que se baseou na própria adolescência para contar essa história.

Não basta apenas lembrar do filme, mas junto com ele vem também a música que ficou marcada… “(I’ve Had) The Time of My Life“, composta por Franke Previte, John DeNicola e Donald Markowitz e ganhadora do Oscar e do Globo de Ouro de Melhor Canção Original.

Uma trilha sonora que ficou 18 semanas no topo da parada da Billboard.

Jennifer Grey dá vida a personagem Baby, enquanto o galã já falecido Patrick Swayze é o professor Johnny Castle.

Swayze estrelou Ghost: Do Outro Lado da Vida, ficando ainda mais conhecido mundialmente; o último trabalho do ator foi em Ponto de Partida. Já Grey já vinha de um grande sucesso dos cinemas Curtindo a Vida Adoidado

Resultado de imagem para dirty dancing