Planeta dos Macacos: A Guerra | Nos Cinemas

“Planeta dos Macaco: A guerra” é um filme muito diferente do que parece. Muito mais contemplativo do que de ação; é uma excelente história de Matt Reeves, um grande clímax para a trilogia de César (Andy Serkis).

César e seu exercito de macacos são forçados a um conflito mortal contra os seres humanos liderados por um Coronel implacável. Depois que os macacos sofrem perdas inimagináveis, César luta contra seus instintos mais escuros e começa sua própria busca mítica para vingar sua espécie.

À medida em que a jornada finalmente os coloca cara a cara, César e o Coronel se enfrentam em uma batalha épica que determinará o destino de suas espécies e o futuro do planeta.

O longa trás os resultados da guerra entre os humanos e os macacos iniciada no filme anterior e o massacre de ambos.

Além disso, a humanidade enfrenta uma nova ameaça, uma mutação do vírus símio que agora ataca a mente humana. Diante desse cenário caótico, César precisa enfrentar um ataque desesperado dos humanos, que esperam alcançar a sobrevivência eliminando seus oponentes.

O grande trunfo do filme é Andy Serkis, incrível no papel do líder dos macacos. E, assim como em seu antecessor, o foco do novo filme é César e seus companheiros símios, o que faz com que essa obra se destaque tanto pelo ponto de vista da evolução dos personagens quanto do ponto de vista técnico.

Considerando que os macacos criados com captura de movimentos foram inovadores já nos anteriores, nesse filme seus efeitos visuais são tão perfeitos que quase esquecemos que nada daquilo é real.

O elenco todo é muito bom, e vale dizer quer Serkis realmente merecia, ao menos, uma indicação ao Oscar por sua performance.

Com boas sacadas, “Planeta dos Macaco: A guerra” consegue diluir o clima opressivo da situação, sem perder impacto, o que ajuda a trama.

Além disso, a chegada de Macaco Mau, um novo personagem interpretado por Steve Zahn, traz humor na medida certa, além de ajudar a expandir o mundo, afinal César percebe que outros não tiveram a mesma sorte que ele.

O personagem é uma incrível adição ao elenco. Resumindo Planeta Dos Macacos: A Guerra é um fechamento digno.